Translate

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

A vida quer-se leve

 
 
 
No dia em o Algodão Doce nasceu, inspirei-me em coisas que achei serem do mais doce que existe.
Um doce sem ser enjoativo, normalmente é assim que gosto de saborear a gula.
Vieram-me muitas ideias á mente. Os meus momentos mais saborosos passavam pelo nascimento da minha filha.
Lembrei-me logo do branco do meu chocolate preferido e da brilhante combinação dos morangos, a minha fruta de eleição.
Mas depois lembrei-me também da sensação de leveza que senti quando a tive nos meus braços...foi comer um algodão doce de olhos fechados.
Nasceu assim este amor.
Chamo-lhe o puff mais leve. E é.
Porque me transmite tudo o que de melhor sinto.
Quando estamos bem connosco e com os outros é assim que nos devemos sentir.
Para o lembrar, não fiz um bolo nem apaguei velas.
Deliciei-me com um iogurte de frutos silvestres cremoso, salpicado de umas amêndoas laminadas e levemente tostadas no forno.
Matei a gula por hoje.
 
 
 
 
My Pinterest #
 
 
 








Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo